Unimed Taubaté


Portal de Notícias | Prevenção e combate à HIPERTENSÃO ARTERIAL


Unimed Brasil Prevenção e combate à HIPERTENSÃO ARTERIAL

 

A doença atinge, em média, 25% da população brasileira adulta. O percentual sobe para mais de 50% após os 60 anos de idade e ocorre em 5% das crianças e adolescentes do país. Prevenir e controlar a pressão são as formas mais eficazes de evitar graves consequências como infartos, derrames e insuficiência renal terminal.

 

Você costuma medir
sua pressão?

A pressão alta pode aparecer de forma silenciosa, sem sintomas aparentes. Esse fator atrapalha o diagnóstico da hipertensão arterial o qual, muitas vezes, só ocorre quando aparecem complicações. A forma mais eficaz de descobrir a hipertensão é aferindo a pressão regularmente (no mínimo, uma vez por ano).

A pressão alta caracteriza-se quando a pressão arterial está acima do limite considerado normal. O normal é quando a máxima está em 120 e a mínima em 80 milímetros de mercúrio, popularmente conhecido como 12 por 8.

Fatores de risco

Diversos fatores podem fazer com que os vasos nos quais o sangue circula se contraiam e provoquem um aumento da pressão sanguínea. Entre os principais fatores de risco da hipertensão arterial estão:

  • Consumo excessivo de sal e de alimentos gordurosos
  • Bebidas alcoólicas
  • Idade (pessoas acima de 60 anos têm mais chances de ter pressão alta)
  • Sedentarismo
  • Carga emocional excessiva (estresse)
  • Tabagismo
  • Fator genético (pai, mãe ou outros familiares com hipertensão)

Consequências da hipertensão arterial

A hipertensão arterial ataca os vasos, coração, rins e cérebro e é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal. Internamente os vasos são recobertos por uma camada fina e delicada, facilmente machucada quando o sangue está circulando com pressão elevada. Com isso, os vasos se tornam endurecidos e estreitados podendo, com o passar dos anos, entupir ou romper. As consequências disso diferem de acordo com o órgão atingido.

Quando o entupimento de um vaso acontece no coração, causa a angina (forte dor no peito) que pode ocasionar um infarto e até a morte súbita.

O entupimento ou rompimento de um vaso pode levar ao Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Podem ocorrer alterações na filtração até a paralisação dos órgãos.

Todas essas situações podem ser evitadas ao manter-se em tratamento com adequado controle da pressão.

Dicas para controlar e prevenir a hipertensão arterial

  • Pratique exercícios físicos com orientação médica.
  • Exercite-se durante 30 minutos cinco vezes por semana.
  • Melhore o condicionamento físico praticando atividades como pequenas corridas intercaladas com caminhadas, andando de bicicleta, fazendo hidroginástica, etc.
  • Se você for hipertenso se exercite apenas mediante realização de exames clínicos, eletrocardiogramas, testes ergométricos e exames de sangue atualizados.
  • Hidrate-se com frequência, além de quando sentir sede. Ingira água, beba sucos naturais e água de coco.
  • Evite a ingestão de alimentos ricos em sal.
  • Preze por uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal.
  • Somente faça dietas com acompanhamento nutricional. Regimes milagrosos além de não serem saudáveis, podem provocar hipoglicemia, ou seja, perda de açúcar no sangue.
  • Controle o estresse. Procure realizar atividades que acalmem a mente.
  • Não fume e modere a ingestão de bebidas alcoólicas.
Postado em: 24-01-2017