Unimed Taubaté


Portal de Notícias | Cuidados de higiene na escola


Unimed .

Cuidados de higiene na escola

 

Na maioria das escolas o ano letivo já começou. As chances de adquirir doenças infecciosas aumentam a partir do momento que a criança começa a frequentar o ambiente escolar e, consequentemente, fica em contato com maior quantidade de crianças. Os micro-organismos causadores de doenças como gripe e diarreia espalham-se mais facilmente em ambientes com grande número de pessoas. Por isso, é comum ouvir mães relatando sobre algum problema de saúde que o filho adquiriu na escola ocasionado por vírus ou bactérias. 

 

 
Como as infecções propagam-se na escola
É necessário apenas uma criança infectada para dar margem à propagação da doença. Observe dois cenários comuns: 

Cenário 1: A criança está na sala de aula e tosse ou espirra sem cobrir a boca ou o nariz, as crianças sentadas próximas a ela correm o risco de inalar as gotículas respiratórias infectadas.

Cenário 2: A criança está com diarreia, usa o banheiro e volta para a sala de aula sem ter tido o cuidado de lavar as mãos. Os micro-organismos causadores da doença podem se instalar em um objeto tocado pela criança. Com isso, outras crianças podem ser infectadas ao tocar o mesmo objeto e, em seguida, colocar os dedos na boca.

Os cenários acima evidenciam como as doenças infecciosas podem propagar-se rapidamente. Para minimizar riscos, a Mayo Clinic, organização que é referência mundial em pesquisas e práticas clínicas, divulgou alguns cuidados de higiene que podem ser ensinados à criança. Além disso, também é importante incentivar a alimentação balanceada, garantir noites tranquilas de sono e estar atento ao calendário de vacinação infantil
 

 

Lavar as mãos frequentemente 
 
Lavar as mãos é uma das formas mais simples e eficazes de evitar contaminação. Oriente a criança a lavar as mãos com água e sabão sempre que: assoar o nariz, antes de comer e após usar o banheiro. Mencione que não se deve colocar as mãos nos olhos ou na boca, pois mesmo aparentando estarem limpas, podem não estar.  
 
 

 

 
Ter cuidado ao tossir ou espirrar
 
Lenços de papel são bastante úteis ao tossir ou espirrar. Oriente a criança a utilizar lenços descartáveis nessas situações e depois jogá-los no lixo. Se não houver lenços, oriente a proteger a face junto à dobra do cotovelo sempre que for tossir ou espirrar.
 
 
 
 

 

Evitar compartilhar itens pessoais
 
Garrafas de água, canudos, copos, alimentos e demais itens pessoais que são levados à boca não devem ser compartilhados. Mencione sobre uma regra simples: se o item for colocado na boca, evite compartilhar com os colegas. 
 
Postado em: 22-02-2017